Quiropraxia Pediátrica por Paulo Gomes de Oliveira Neto

Posted by on jul 9, 2014 in Sem categoria | Comentários desativados

QUIROPRAXIA PEDIATRICA

 

A coluna jovem, com poucas exceções, geralmente se desenvolve

perfeitamente até o final da gravidez. É o que acontece em torno do

momento do nascimento e nos meses seguintes que geralmente podem

perturbar o funcionamento normal da coluna vertebral.

 

Problemas de coluna também podem ocorrer como resultado das

frequentes quedas sofridas por crianças jovens nos primeiros meses de

vida. A queda de uma cama, uma parada súbita em um automóvel, ou

qualquer movimento significativo sem suporte de cabeça e pescoço em

uma criança pode induzir o movimento excessivo na coluna causando

subluxações vertebrais. Na outra extremidade da coluna vertebral, o ato

de aprender a andar e as inúmeras quedas sofridas durante esse período

podem induzir um pequeno trauma para os segmentos inferiores da coluna

vertebral e às articulações sacroilíacas na pelve. As crianças aprendendo

a andar podem também cair e bater a cabeça, sem gerar dores fortes e

aparentemente inocentes, estes eventos que ocorrem com certa frequência

também pode criar subluxações da coluna vertebral.·.

 

A menos a criança tenha um problema óbvio, pode ser difícil para os

pais a reconhecerem quando seus filhos possuem subluxações na coluna

vertebral. Nem sempre é fácil para alguém que não seja um quiropraxista,

altamente treinado na avaliação da coluna vertebral, para determinar se a

criança tem um problema da mesma forma é difícil para alguém que não

seja um dentista determinar se uma criança tem as cavidades ou algum

problema dental. Ambos os casos as habilidades de um especialista 

treinado são fundamentais para realizar uma avaliação completa.

 

Há alguns sinais, porém, que os pais podem procurar e que pode ser

um indicador de uma criança com algum problema na coluna. Indicadores

comuns de problemas na coluna podem ser percebidos em pequenos sinais,

como a cabeça da criança que constantemente fica inclinada somente para

um lado, quando a cervical fica com movimentos restritos em um dos

lados; padrões de sono perturbados onde a criança dorme por apenas uma

hora ou duas e cada vez que acorda fica com dores e irritadiço. Alguns

problemas posturais visíveis, descoordenação para andar sem que haja um

problema neurológico são também comuns nas fases de desenvolvimento e

nos primeiros 8 anos de vida.

 

Doenças comuns da infância, às vezes também pode indicar um

problema de coluna. Dores de ouvido, persistentes, dores de garganta,

cólicas, dores de cabeça, enurese, dores de crescimento são apenas alguns

dos problemas mais comuns para que os pais acabem trazendo seus filhos

para o quiropraxista.

 

Trazer seu filho ao Quiropraxista tem a mesma relevância para

coluna vertebral e para saúde que levar periodicamente seu filho ao dentista

para cuidar da saúde bucal. Procure um Quiropraxista associado e leve seu

filho para uma avaliação.